Skip to main content

Especialista em Direito atuante na Saúde Estética comemora vitória em batalha jurídica contra CREMESP

Dr. Victor Bellini, especialista em Direito Estético, celebra decisão judicial que reconhece o direito dos biomédicos de realizarem procedimentos estéticos e ministrarem cursos na área, contrariando o CREMESP. Uma conquista crucial para a área e a liberdade profissional dos biomédicos.
Leda Leocadio
17 abril, 2024

O Dr. Victor Bellini, docente das disciplinas de Direito Estético nos cursos e pós-graduações Nepuga, celebrou a recente decisão judicial contrária ao Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP), ao reconhecer o direito dos profissionais da Biomedicina Estética de realizar procedimentos estéticos e ministrar cursos na área. A decisão representa um marco importante para a área.

Uma luta de longa data

Dr. Bellini, que há mais de 15 anos atua ensinando profissionais da saúde, ressalta que a conquista do direito de realizar procedimentos estéticos foi árdua e marcada por perseguições por parte da classe médica. “Desde que conquistamos nossa liberdade profissional, muitos não a aceitaram e iniciaram uma perseguição para nos impedir de trabalhar de forma independente”, afirma.

Especialista em Direito Comemora Vitória em Batalha Jurídica Contra CREMESP
Dr. Victor Bellini promove treinamento jurídico em Masterclass Puga Code

Decisão judicial contrária a CREMESP reconhece legitimidade da biomedicina estética

A recente decisão judicial, que reconhece a legitimidade da atuação dos biomédicos na área da estética, é vista como um passo fundamental na luta pela liberdade profissional. “A justiça apenas reconheceu o que é nosso por direito”, declara Dr. Bellini.

Impacto da decisão para a área

A vitória na justiça abre caminho para o futuro da biomedicina estética no Brasil, permitindo que os profissionais da área continuem a desenvolver suas habilidades e oferecer serviços de qualidade à população. “E os profissionais da área da saúde após anos de luta conquistaram o direito de crescerem profissionalmente e se tornaram independes da classe médica”, comemora Dr. Bellini.

O futuro da biomedicina estética

Com o reconhecimento da sua legitimidade, os profissionais da biomedicina estética podem continuar a contribuir para o desenvolvimento da área e oferecer serviços cada vez mais inovadores e eficazes aos seus pacientes. “Nossa luta é no sentido de garantir a liberdade dos profissionais e seu direito de atuar de forma livre, sendo independentes de qualquer outra classe.”, afirma Dr. Bellini.

A decisão judicial reconhece o direito dos profissionais da biomedicina estética de realizar procedimentos estéticos e ensinar em cursos correlatos.

A Dra. Ana Carolina Puga também se pronunciou sobre o caso, destacando inclusive sobre a expansão da Biomedicina Estética:

“Eu vejo a área da estética ficando cada vez mais especializada em pequenas áreas, profissionais especialistas em face, em cabelo (tricologia), em corpo e até mesmo uma interface da estética com a área integrativa que vem crescendo mundialmente.”

Na oportunidade, a mãe da biomedicina estética aproveitou para tecer comentários de incentivo à união da classe de biomédicos, que frequentemente enfrenta tentativas de obstrução, sobretudo na atuação de estética:

“Nunca devemos estar acomodados, e sim preparados, prontos para qualquer ataque, pois certamente outros virão. Porém precisamos estar com pessoas que possam realmente nos ajudar, pessoas que querem ver a biomedicina estética crescendo, e nem sempre quem achamos que pode nos ajudar irá realmente nos ajudar.”

E complementa:

“Só quem sentiu na pele a nossa luta realmente poderá estar a frente destas batalhas, então meu conselho é, una-se aos fortes para vencer, una-se aos experientes e àqueles que realmente querem o bem desta área.”

Os biomédicos estetas podem seguir aprimorando suas habilidades, oferecendo serviços cada vez mais inovadores e de qualidade à população e contribuindo assim para que a área da tenha um futuro promissor pela frente, com profissionais cada vez mais especializados, inovadores e capacitados para atender às diversas demandas do mercado.

A Biomedicina Estética segue em ascensão, pronta para oferecer serviços cada vez mais eficazes e seguros aos seus pacientes. A união e o engajamento dos biomédicos serão cruciais para consolidar essa conquista e impulsionar o desenvolvimento da área.

Leda Leocadio
Editorial
Graduada em Comunicação Social com Habilitação Publicidade e Propaganda, Leda é uma das redatoras do time de marketing Nepuga | Fapuga. Escreve também para os blogs parceiros Biomedicina Estética, Enfermagem Estética, Farmácia Estética e Odontologia Estética.
Veja mais Noticias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This